Não sou o seu brinquedo de estimação

brinquedo

Hoje eu finalmente decidi, depois de uma semana inteira insone, que eu não vou mais te procurar. Eu tentei dar uma chance, mas acontece que eu não sei lidar com essa sua indiferença.

Pior, não sei lidar com essa sua coisa de em um dia somos muito, somos tudo. E no outro, somos nada, apenas desconhecidos. Eu não sei mesmo qual é a sua e já não acredito em nada que você fala. Até mesmo aquelas vezes que dizia sentir minha falta. Pois olha só, quem sente falta mesmo manda até uma mensagem de fumaça, só para dizer que está tudo bem. ⠀

Cansei de te oferecer o que eu tenho de melhor em mim e você só se aproveitar disso. Sabe, eu não sou o seu brinquedo de estimação, sou alguém que sente e sente demais. Mas eu sinto por mim, não por você.

Se conselho fosse bom a gente não dava, vendia, mas eis o meu: não espere ser tarde demais. Enquanto houver um coração que bate chamando pelo outro, ainda há chance de um felizes para sempre.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *